Victoire de Castellane celebra 20 anos de joias Dior

Trajetória revela história de sucesso de uma mulher poderosa no setor joalheiro

Débora Rodrigues

Victoire de Castellane comemorou 20 anos como diretora de criação da Dior Fine Jewelry. A história de sucesso de uma das mais poderosas mulheres dentro da indústria joalheira mundial começou quando o presidente e CEO da LVMH, Bernard Arnault a contratou para desenvolver e lançar a Dior Joaillerie. Duas décadas e 80 boutiques depois, os negócios ainda crescem e a empresária conquistou legiões de clientes e colecionadores dedicados.

Ela diz que sempre se inspirou na vida e no trabalho do próprio Christian Dior, em seu amor pelas flores, sua propensão à renda, sua casa de infância rosa em Granville (França), sua fascinação com Versalhes. Ao mesmo tempo, Victoire estabeleceu dentro da Maison sua marca própria, como assimetria (raramente um par de brincos dela realmente combina), símbolos escondidos e minúsculos aparatos dentro de uma peça de joalheria.

O marco de 20 anos foi uma oportunidade para celebrar o sucesso da executiva e a Maison promoveu duas noites de eventos especiais, em Veneza. Um baile de máscaras em que cada mulher usava peças de joalheria da nova coleção de Castellane, intitulada Gem Dior.

Gem Dior é uma coleção expansiva de nada menos que 99 anéis, brincos, colares, peças de mão, relógios e mais, com pedras que abrangem todo o arco-íris: rubis, diamantes, esmeraldas, turmalina ciano, safiras rosa, tsavorita, tanzanita, rubelite, granadas roxas, espinafres de grenadine, entre outras gemas.

Foi a primeira vez que uma coleção de joias Dior foi mostrada em modelos durante uma apresentação formal. Mais tarde, depois que os convidados se sentaram para jantar, cada modelo apareceu em um vestido preto e caminhou pelos espaços, imitando os desfiles de alta costura de Monsieur Dior nos anos 50 e 60. No dia seguinte, muitas peças já haviam sido vendidas ou reservadas.

Olhando para o futuro, Victoire acredita que o relacionamento das mulheres com as joias só vai crescer. “As mulheres estão comprando joias para si mesmas cada vez mais”, disse ela. “Quando as mulheres compram joias para si mesmas, acho que também estão comprando proteção. As joias lhes dão poder. Antes, os homens compravam para eles como um presente, e eles tinham o poder. Agora, você não precisa esperar que um homem lhe compre joias”, completou.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado