A importância da comunicação interna na pandemia

Momentos de crise endossam a importância da comunicação interna bem planejada

Por Clara Lemos

Foto: Pexels

Com a pandemia do coronavírus, medidas de contenção precisaram ser tomadas por empresas, como a mudança da rotina de trabalho presencial para o home office. Com isso, a comunicação entre colaboradores foi adaptada para o virtual, por meio de videoconferências, e-mails, ligações e chats privados. Assim, a forma de se comunicar mudou e salientou a importância da comunicação interna bem definida e planejada, e de profissionais da área.

A comunicação em momentos de crise torna-se essencial, pois tem o poder de tranquilizar os colaboradores tornando-os cientes dos reais problemas e soluções que a empresa irá adotar. É importante estabelecer alguns passos estratégicos para construir uma comunicação interna de sucesso.

Planejamento é o primeiro elemento para garantir uma comunicação de qualidade. É preciso pensar na mensagem que será transmitida, em que canal e em como será recebida. A agilidade também é importante, uma vez que é preciso comunicar de forma certeira e rápida, impedindo que os boatos fake news sejam criados e se propaguem.

A transparência é outro ponto importante, é necessário dizer a verdade, por mais dolorosa que seja, construindo assim uma relação de confiança entre empresa e colaboradores. Estabelecer acordos referentes à comunicação, como um boletim periódico de atualizações é uma boa maneira de acalmar os ânimos nos momentos de crise e usar a comunicação interna de forma positiva e proveitosa.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado