Como investir na descoberta de clientes

Ferramenta de automação ajuda a encontrar novos clientes usando automação

Da Redação

O processo de criar e manter um negócio passa pela etapa de descobrir qual o perfil dos potenciais compradores daquele produto ou serviço. Segundo uma pesquisa da Hootsuite, 62% da população brasileira está ativa nas redes sociais. De olho nisso, uma startup mineira desenvolveu uma ferramenta de automação com um algoritmo inteligente para atingir em cheio esse potenciais compradores.

Chamado Meu Público Alvo (ou MPA), a ferramenta encontra pessoas com a maior propensão de se tornarem clientes de um negócio, reduzindo esforços e gastos para isso.

Segundo a Statista, um dos bancos de dados estatísticos mais importantes do mundo, o Facebook conta com 2,32 bilhões de usuários no mundo. São 130 milhões de usuários no Brasil, atrás apenas da Índia e dos EUA em contas ativas.

Já que grande parte dos brasileiros está no Facebook, a rede é um verdadeiro oceano azul para grandes, médias e pequenas marcas encontrarem clientes. Mas o algoritmo (criado para determinar o que é mostrado no feed e em que ordem) as obriga a desembolsar cada vez mais com anúncios e campanhas para isso.

O alcance orgânico de uma publicação no Facebook, ou seja, o número total de pessoas que vão vê-la naturalmente na linha do tempo, alcança de 2% a 6% do número de seguidores. Isso quer dizer que para uma página com 5 mil curtidas, por exemplo, um único post será visualizado por, no máximo 300 pessoas.

O próprio Facebook tem a solução: impulsionar publicações. Pagando uma taxa variável, o administrador de uma página pode impulsionar o alcance dos posts para quem, quando e onde quiser.

O Facebook ainda ajuda a configurar o impulsionamento para o público ideal a ser impactado graças a informações sociais, demográficas e comportamentais, mas quanto mais fechado esse cerco e mais pessoas se quiser atingir, mais caro fica.

E é aí que entra a Meu Público Alvo: a plataforma consegue alcançar esse mesmo público sem que o usuário tenha que fazer um anúncio sequer. Para entender como a MPA funciona, ir mais a fundo sobre como funciona o próprio Facebook. Em tese, por trás da baixa no alcance de publicações causada pela mudança nos algoritmos (uma pesquisa apontou queda de 42% apenas em um ano), há uma tentativa da rede social de aproximar pessoas físicas, criando um ambiente mais humano e interativo.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado