Estratégias de e-mail marketing na Black Friday

Planejamento é essencial para garantir bons resultados

Por Diego Camillo

A Black Friday é uma das datas mais aguardadas do ano, tanto pelos consumidores quanto pelos varejistas. Ela, aliás, também tende a antecipar as compras de Natal. A edição de 2020 promete ser a maior da história no mercado digital. Afinal, conta com um grande número de novos usuários devido ao cenário atual, que acelerou todo o processo da transformação digital.

Para potencializar as vendas na data, entretanto, é necessário iniciar a estratégia comercial com antecedência. Traçar todo o planejamento para essa data é essencial para garantir que o consumidor final feche negócio com a sua empresa.

Pensando em e-mail marketing, considero algumas estratégias fundamentais para garantir uma boa performance na Black Friday. E, para mim, a principal delas é a captação de leads.

Captação de leads na Black Friday

É incontestável o fato de que quanto maior e mais engajada for a sua base de usuários cadastrados, maior será o volume de transações — principalmente em datas sazonais. Portanto, uma boa pedida é fazer uma campanha amarrada para a Black Friday iniciando pela captação de novos leads.

Anúncios digitais vinculados a landing pages funcionam muito bem. Além de box de captação no E-commerce, que por sua vez podem vir acompanhados de um e-mail de boas-vindas. Ele pode apresentar a sua empresa com algum benefício, como, por exemplo, um cupom de desconto para a primeira compra ou frete grátis acima de X reais.

Outro ponto crucial é a integração de todos os campos de captação do e-commerce com a plataforma de e-mail. Assim, quando um novo usuário se cadastrar ele já entrará no fluxo de envios de e-mail marketing e facilitará a atualização da sua base. Além, claro, de permitir seguir com outras automações, como e-mail de recuperação de carrinho abandonado e e-mail de navegação, por exemplo.

Integração e comunicação

Reforço que, pensando a longo prazo, a falta da integração pode acarretar muitas vendas perdidas no e-commerce, além do desinteresse do usuário por não estar sendo impactado por e-mail. Afinal, o cadastro foi efetuado exatamente para acompanhar suas novidades e ofertas por este canal.

Focando em segmentação de base, geralmente voltamos nossa comunicação para a base de Usuários Ativos — os mais engajados com os envios de e-mail marketing. A comunicação com a base de Usuários Inativos, por outro lado, se torna pontual, visando a reativação destes usuários e não a conversão de fato. No período da Black Friday isso muda um pouco. Isso porque muitos usuários Inativos retomam o consumo de conteúdo dos e-mails para conferir as ofertas do período sazonal.

Portanto, a comunicação na Black Friday deve conversar com todos os usuários da sua base. Ainda assim, é importante manter a segmentação para analisar todos os KPIs de forma separada. Você irá entender qual tipo de assunto trouxe mais abertura, qual tipo de peça gerou mais clique, qual foi o melhor horário e também quais produtos foram comprados.

Assim, será possível analisar quais e-mails performaram melhor e merecem um repique para os usuários que não interagiram com o primeiro envio!

Gatilhos e mais

A visão separada pela característica de base também permite entender quantos Usuários Inativos foram impactados pelas ações da Black Friday. Vale tanto em reativação no canal de e-mail, quanto em compras realizadas.

Outros pontos merecem atenção para trabalhar com o e-mail marketing na Black Friday — e fazem uma diferença enorme ao final da ação. Para se destacar em meio aos concorrentes trabalhe com o gatilho de escassez e urgência. Use, sobretudo, a utilização de promoções de um só dia, contagens regressivas e GIFs.

Uma comunicação direta e objetiva também fará toda a diferença. Afinal, nessa data a caixa de entrada de e-mails estará muito mais cheia do que o comum.

Peças de e-mail marketing no formato full banner tendem a atrair mais cliques — já que para conferir todos os produtos em oferta o usuário terá de navegar no e-commerce!

Peças otimizadas para mobile

Também é importante frisar que não há como prever em qual dispositivo os usuários abrirão o e-mail da sua empresa. Por isso otimize as peças para todo tipo de dispositivo. Nada é pior para a experiência de usuário do que um e-mail que não abre!

Certifique-se, portanto, que os e-mails da sua empresa estejam otimizados para dispositivos móveis.

Além disso, outro ponto de atenção é o CTA (Call To Action), que deve ter contraste com a arte como um todo e uma Ação Clara — por exemplo, “Aproveite”, “Compre”, usando o texto do botão sempre no infinitivo ou imperativo, com tamanho nítido e clicável. Lembre-se: você deve pensar nos usuários que irão consumir o seu conteúdo via mobile.

Por fim e não menos importante, analise as campanhas realizadas na Black Friday dos anos anteriores. Isso certamente lhe trará um norte de como gerenciar suas ações promocionais deste ano. Analise os envios que tiveram os KPIs mais elevados, o que foi feito de diferente dos demais disparos de e-mail marketing e em quais horários os envios foram feitos. São detalhes como esses que farão total diferença para a Black Friday de 2020.

É absolutamente necessário medir o que foi feito anteriormente para planejar e executar no presente. Afinal, o que não é medido não pode ser gerenciado!

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado