Grupo oferece prêmio de US $ 1 milhão para eliminar o mercúrio na mineração

Preocupação com meio ambiente leva empresa a oferecer a premiação

Débora Rodrigues

A Mercury Free Mining (MFM), uma organização sem fins lucrativos, organizou uma campanha de desafio global para eliminar o uso do mercúrio na indústria joalheira. O vencedor do desafio receberá como prêmio US $ 1 milhão.

“Estamos enfrentando um problema enorme e temos a oportunidade de nos unir como uma indústria e fazer uma tremenda diferença global”, explicou Bill Boyajian, que faz parte do conselho de diretores da MFM e foi CEO do Instituto Gemológico da América (GIA). Ele e o presidente da International Diamond Manufacturers Association (IDMA), Ronnie VanderLinden, trabalharão juntos nesse projeto mundial.

Hoje, sabe-se que mais de 15 milhões de garimpeiros artesanais liberam uma quantidade enorme de mercúrio no meio ambiente todos os dias, causando danos neurológicos irreversíveis além de trazer problemas gravíssimos à sustentabilidade do planeta. No entanto, atualmente não há no mercado joalheiro um processo alternativo e seguro.

O CEO da MFM, Toby Pomeroy, reunirá um grupo de pessoas do setor de joalheria, pedras preciosas, mineração, refino e comércio de ouro para supervisionar a competição. O indivíduo, a equipe ou a organização que apresentar uma alternativa acessível e confiável ao uso de mercúrio na mineração ganhará o prêmio. “Descobrir a solução para este problema persistente e contribuirá para a saúde e a longevidade de toda a vida na Terra”, explicou Pomeroy.

No Brasil, o garimpo ilegal e o uso do mercúrio têm trazido uma série de problemas graves ao meio ambiente. A BBC News Brasil divulgou imagens de satélite que mostram o avanço da atividade em terras indígenas localizadas na Amazônia. Dentre as terras indígenas que mais sofrem com garimpos ilegais estão a Kayapó e a Munduruku, localizadas no Pará, e a Yanomami, em Roraima e Amazonas. E um dos maiores problemas disso tem sido a poluição com mercúrio, usado por garimpeiros para facilitar a aglutinação do ouro. Quando despejado nos rios, o mercúrio contamina peixes e quem se alimenta deles, alojando-se em toda a cadeia alimentar.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado