Joalheiros podem transformar as vendas usando corretamente o Facebook

Veja como utilizar de maneira eficiente e rede mais popular do planeta

Gabriel Moura

Se você acha que o marketing de mídia social é um trabalho árduo, você está certo. Postar algumas fotos por semana no Facebook pode não parecer muito difícil, mas na verdade, gerar resultados que beneficiam o seu negócio é outra questão. Qualquer pessoa que tenha investido tempo e energia no Facebook ou no Instagram entende que é difícil ganhar força e influenciar as decisões de compra das pessoas.

Não importa se o seu negócio trabalhar com joias de alta qualidade sob medida ou vende peças de mercado mais acessíveis em um site de comércio eletrônico, porque de qualquer forma é preciso haver uma estratégia. Existem tendências comuns que mostram como as empresas podem melhorar seu relacionamento no mundo digital. Para joalheiros, os canais visuais como Facebook, Pinterest e Instagram são importantes e podem ser extremamente lucrativos para o seu negócio, por isso é fundamental usá-los.

Mas vamos nos concentrar no Facebook. Com mais de 2,2 bilhões de usuários globais, ele continua sendo a “mãe” das redes sociais e o local mais provável para a sua empresa encontrar novos clientes. O Facebook alcança cerca de três quartos da população adulta, por isso é uma rede social para pessoas que gostam e compram joias, por exemplo. Por meio dele, qualquer profissional de marketing pode melhorar as vendas e a imagem das empresas. Qualquer um pode manter uma loja virtual.

Parece  clichê, mas a primeira dica para quem vende na plataforma é lembrar que “conteúdo é rei” é, no mundo do marketing digital, isso é importante. Para aumentar sua presença no Facebook, criar um relacionamento com os fãs e gerar vendas e consultas, seu conteúdo precisa representar sua marca com eficiência.

Para melhorar a qualidade do conteúdo que compartilha, é preciso fazer pequenos ajustes importantes. Melhorar a forma como se comunica, a imagem usada e o que compratilha pode fazer com que suas joias se diferenciem das demais. Muitas pessoas esquecem que quem compra está mais interessado no significado que a peça tem e não na especificação técnica.

Este é um exemplo perfeito de como aplicar um pouco de especialização às suas postagens pode gerar significativamente mais tração e retorno de seus esforços. Imagens atraentes são realmente a chave para a maioria dos canais sociais porque as pessoas rolam seus feeds de notícias muito rapidamente.

Outra forma de chegar ao seu público é promoção de postagens direcionadas. Peças direcionados a um público-alvo e dentro do grupo demográfico certo, normalmente levam a várias consultas de interesse. É importante que essas postagens sejam mantidas simples, com um claro apelo à ação se as vendas forem a prioridade para essa postagem.

Nos últimos anos, o Facebook tornou cada vez mais difícil para as marcas alcançarem seu público sem investir em seu programa de anúncios. Eles fizeram isso apertando o alcance orgânico das páginas de negócios para um mínimo, então os posts de maioria dos usuários gerarão quase nenhum envolvimento, a menos que você tenha um número monstro de seguidores.

A publicidade paga no Facebook é incrivelmente poderosa. A grande quantidade de informações compartilhadas na plataforma permite que os profissionais de marketing direcionem com precisão o público com o conteúdo do canal social.

Não erre o alvo

Existem basicamente duas maneiras de usar publicidade paga no Facebook. Você pode “ampliar” uma postagem existente ou pode configurar anúncios por meio do gerenciador de anúncios do Facebook. A segmentação por público-alvo é realmente importante para obter os melhores resultados. É possível chegar a determinados indivíduos com base em dezenas de critérios, para garantir que restrinja seu público adequadamente. Geralmente, ninguém quer limitar tanto assim uma publicidade, mas é possível evitar que seu anúncio atinja até pessoas que provavelmente não estão interessadas. Não desperdice dinheiro competindo por cliques de pessoas que provavelmente não comprarão suas joias.

Outra opção é usar o gerenciador de anúncios do Facebook. Aí, é importante configurar uma variedade de anúncios para ver quais apresentam melhor desempenho. Um bônus adicional é que, desde que o Facebook adquiriu o Instagram, é possível usar o administrador para enviar anúncios para o Instagram também. Muito do processo é exatamente o mesmo, mas você pode alcançar um público ainda maior.

As estratégias de joalherias de maior e menor valor serão diferentes nas mídias sociais. Os joalheiros mais sofisticados exigem uma percepção diferente de suas contas sociais, e seus anúncios devem ser muito mais refinados para atingir indivíduos com orçamento suficiente para comprar suas peças.

Joias mais acessíveis têm uma base de audiência muito mais ampla, mas as marcas tendem a enfrentar uma concorrência mais feroz. É importante investir em recursos visuais atraentes, construir uma base forte de seguidores e usar os gastos com mídia paga de forma eficaz.

Misturar conteúdo compartilhando informações sobre a marca, seu histórico, funcionários ou informações específicas do setor ajuda a criar uma afinidade além das linhas de produtos. E nunca é tarde para entrar no mundo das mídias sociais.

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado