Pesquisa revela que a confiança no varejista é importante para na compra de uma joia

Estudo aponta que é necessário construir um relacionamento de confiança

Por Gabriel Moura

A geração mais jovem de compradores, ou os chamados millennials, ainda valorizam a tradição na escolha de suas joias ou relógios de luxo. Isso foi o que apontou uma nova pesquisa de compra de joias e relógios com consumidores. Os resultados foram apontados em uma pesquisa realizada durante a Inhorgenta Munich Trend Index, que entrevistou um total de 1.040 mulheres e homens com idades entre 18 e 35 anos.

Como resultado, 51% dos entrevistados consideravam a confiança no varejista como algo muito importante para que realizassem a compra de uma joia, seguida pela boa disponibilidade do produto (49%) e bom atendimento (48%). Comparativamente sem importância é a relação preço / qualidade (39%), o horário de funcionamento do varejista (31%) e boas oportunidades de financiamento (23%).

“Relógios e joias são produtos emocionais e muito pessoais. Portanto, a confiança tem um papel central na experiência de compra”, disse Klaus Dittrich, presidente e CEO da Messe München GmbH, organizadora da pesquisa. “Esta é uma boa notícia não apenas para os varejistas, mas também para as marcas. Eles estão idealmente posicionados para construir esse relacionamento de confiança”.

A pesquisa também descobriu que 44% dos entrevistados preferem comprar joias e relógios de joalheiros e conversar com vendedores pessoalmente, com 40% dizendo que as lojas de departamentos são um importante fornecedor, seguidas pelas lojas online e  pontos de venda (38%).

Não existem comentários ainda

Comentar

Seu email não será publicado